Mato Grosso

Traficante é preso com drogas e objetos de origem ilícita

Um homem investigado por tráfico de drogas no município de Tangará da Serra (433 km a Médio-Norte de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na segunda-feira (18.07), durante mandado de busca e apreensão domiciliar cumprido pela 1ª Delegacia de Polícia do município.

A ação realizada em um ponto de venda de entorpecentes no bairro Jardim dos Ipês, resultou na apreensão de drogas, objetos de origem ilícita e dinheiro. O suspeito de 20 anos foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e receptação.

O mandado de busca e apreensão domiciliar foi decretado pela Justiça, após representação da Polícia Civil, feita com base em investigações realizadas pelos policiais da 1ª Delegacia de Tangará da Serra. Os trabalhos tinham o objetivo de localizar e apreender entorpecentes e outros produtos de origem ilícita.

Na casa, foram localizadas diversas porções de entorpecentes, entre maconha e pasta base de cocaína, material utilizado para embalo da droga, duas munições calibre 38, R$ 1.180 em dinheiro, documentos de usuários e outros objetos de origem duvidosa.

Leia Também:  Corpo de homem é encontrado com facas cravadas no pescoço em Rondonópolis

No local, também foi encontrada uma bicicleta produto de furto, ocorrido no dia 26 de março, no bairro Jardim Floriza, que posteriormente foi reconhecida e restituída à vítima.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Tangará da Serra, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e receptação, sendo posteriormente encaminhado ao Centro de Detenção Provisória do município.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Sine MT oferta 2,9 mil vagas de emprego em 27 municípios

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA