Mato Grosso

Três Batalhões da PM têm novos comandantes em Cuiabá

Os novos comandantes dos 1º, 9º e 10º Batalhões de Polícia Militar assumiram seus postos na manhã desta terça-feira (22.01). A cerimônia foi realizada no pátio do 1º Batalhão de Polícia Militar, na Avenida 15 de Novembro, em Cuiabá, com a presença do comandante-geral da PM-MT, coronel Jonildo José de Assis.

Os três batalhões serão comandados pelos tenentes-coronéis Marcos Antônio Guimarães (1º), Juliano Paulo de Athayde (9º) e Gilcimar Mendes Correa (10º).

O coronel Assis destacou a importância da solenidade e agradeceu aos políciais que deixam os comandos . “Deixo meus sinceros agradecimentos. Sintam-se elogiados por estarem sendo substituídos por colegas. Cada um dos senhores ajudou a construir um pouco da história da corporação”.

Aos que assumiram, Assis frisou sobre a responsabilidade e o desafio da nova função. “Todos estamos contando com o empenho e a determinação de cada um dos senhores, para conduzir da melhor forma possível as ações das unidades policiais”, pontuou. Ele também pediu que os comandantes se preocupem com a tropa, que a mantenham sempre motivada, pois os policiais são os principais responsáveis pelo controle dos índices criminais.

O tenente-coronel Guimarães destacou que irá honrar a missão e a responsabilidade depositada nele. Entre suas principais funções e cargos desempenhados desde o início na carreira militar estão de comandante da 1ª Companhia de Chapada dos Guimarães, 3ª Cia de Santo Antônio de Leverger e dos 24º e 10º batalhões.

Leia Também:  Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Agora à frente do 9º BPM, o tenente-coronel Juliano afirmou que assume com disposição e conhecimento da responsabilidade que terá na nova missão. Entre as funções de comando que ocupou antes estão: comandante da 5º Cia 2ª BPM, com sede em São Félix do Araguaia; da 3ª Cia Independente de Poconé; da Cia Centro, de chefe da Agência Regional de Inteligência do 2º Comando Regional, e subcomandante do 4º Batalhão de Várzea Grande, além de subcomandante do Batalhão de Proteção Ambiental.

Ao assumir o 10º BPM, o tenente-coronel Gilcimar reforçou que irá manter o bom desempenho do batalhão. “Missão dada é missão cumprida”. Em seu currículo já comandou a 1ª Cia PM Centro, respondeu pelo Comando do 1º BPM e foi comandante da 4ª Cia PM UFMT. Retornou como comandante da 1ª Cia PM Centro e foi subcomandante da 1º CIPM de Chapada dos Guimarães.

Despedida

O tenente-coronel Fábio Luiz Bastos, que deixa o comando do 1º BPM, destacou a missão de servir e proteger associada às ações de repressão. Agradeceu de forma coletiva a cada policial durante o período que esteve no comando. ”Foi uma honra trabalhar com vocês, pois independente do grau de responsabilidade responderam à altura e nos levaram a uma boa produtividade. Vocês são policiais disciplinados e me ajudaram muito na tomada de decisões”.

Leia Também:  Homem é espancado por populares após agredir mulher em MT

Já o tenente-coronel Guimarães, que deixou o 9º BPM, lembrou os 14 anos de atividades do Batalhão com a atribuição de atuar em toda região Sul de Cuiabá. “Em quase dois anos a frente do batalhão comandei pessoas de alto profissionalismo. Foi uma missão prazerosa. Fui apenas um instrumento que mostrou o caminho e tomou decisões com saúde e sabedoria. Muito obrigado pela confiança”, disse.

Finalizando, o tenente-coronel Waldemir Soares Paraense Sobrinho, que deixou o comando do 10º BPM, destacou a parceria com as líderes e conselheiros comunitários e representantes das comunidades rurais da área de atuação da unidade militar.

“Agradeço ao excelente trabalho desempenhado pelos policiais, homens e mulheres, oficias e praças, que estiverem sob o meu comando. Foi uma experiência única e satisfatória”, concluiu.

Participaram da solenidade oficiais da corporação, presidente do Detran, Gustavo Reis; diretor de interiorização da Politec, Marcos Contel; representando o delegado-geral da PJC, delegado Gianmarco Paccola Capoani; diretor metropolitano de criminalística da PJC, Emivan Batista, além de lideres comunitários, representantes de Conselhos Comunitários de Segurança Pública (Consegs) e familiares dos militares.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Médica veterinária morre em grave acidente na BR-163

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA